quarta-feira, junho 27, 2007

Reunião Científica SOTIERJ II - Junho 2007

Ratificando as palavras do nosso amigo e editor André Japiassú, quem não foi ontem a sessão da SOTIERJ, perdeu.
Não se discute a importância de uma iniciativa como a Surviving Sepsis Campaign - a tentativa de se difundir o conhecimento da sepse e se padronizar o tratamento dessa doença tão prevalente e tão pouco conhecida pelo público leigo, não-especialista e mesmo por muitos de nós, intensivistas, é de grande mérito e muito oportuna.
Entretanto, sabemos que muitas das recomendações da Surviving Sepsis são duvidosas, baseadas em estudos questionáveis. Contudo, pelo fato da campanha ser respaldada pela European Society of Intensive Care Medicine, International Sepsis Forum, Society of Critical Care Medicine, entre outras, suas recomendações ganharam um peso muito importante mundialmente.
Devemos sempre ter em mente, entretanto, que a análise crítica de todas as informações que nos são apresentadas é de fundamental importância. A aceitação cega de todas as últimas novidades publicadas, não importa o quão prestigiosa seja a revista, freqüentemente nos induz ao erro, bem como o apego em demasia as práticas com as quais já estamos acostumados e que já se provaram inúteis ou até pior, deletérias.
Em última análise, esse é o objetivo desse blog, promover a discussão livre de artigos, novidades da especialidade e da nossa prática diária. Sintam-se todos a vontade para postar seus comentários e fazer desse espaço um verdadeiro fórum de discussão e troca de idéias.
Cássia Righy