terça-feira, abril 22, 2008

REDUÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL EM PACIENTES COM AVE HEMORRÁGICO PARECE ESTAR RELACIONADO A DIMINUIÇÃO DO CRESCIMENTO DO HEMATOMA

Existe muita controvérsia acerca da segurança e da eficácia da redução da PA na fase aguda do AVE hemorrágico. Embora não se saiba se a hipertensão é um fator que contribua para o aumento do hematoma, tenta-se manter um equilíbrio entre evitar hipertensão extrema e manter uma pressão de perfusão cerebral adequada. Atualmente, os guidelines da American Heart Association recomendam manter a PA sistólica < 180mmHg e a PAM < 130 mmHg.

O estudo INTERACT, publicado em maio deste ano na Lancet Neurology, foi um estudo piloto visando avaliar segurança e eficácia da redução da pressão arterial na fase aguda em pacientes com AVE hemorrágico. Os pacientes foram randomizados em dois grupos: tratamento intensivo - PA sistólica < 140mmHG e tratamento convencional - PA sistólica < 180mmHg. No grupo de tratamento intensivo, houve menor crescimento do hematoma (redução absoluta de risco de 8%), porém sem diferença nos desfechos clínicos em 90 dias.

Este estudo servirá de base para a realização de um estudo maior, randomizado, visando detectar diferença nos desfechos clínicos de pacientes com AVEh submetidos a controle intensivo da pressão arterial.

Cássia Righy