sábado, maio 09, 2009

PRÁTICA CLÍNICA: REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR CEREBRAL I

A relação entre compressão torácica e ventilação durante a reanimação cardiopulmonar cerebral em pacientes não intubados deve ser 30 para 2. Em pacientes intubados, recomenda-se realizar compressões torácicas em uma frequencia de 100 por minuto e ventilações numa frequência de 8 a 10 por minuto.

Flávio E. Nácul