sexta-feira, julho 15, 2011

O intensivista trabalha muito ?

"Vascular Surgeons and Critical Care Internists Among Those Working the Most Annual Hours". Retirado de Becker's Hospital Review, em 12 de julho de 2011.

Em artigo recente da Archives of Internal Medicine, demonstrou-se que intensivistas, cirurgiões vasculares e neonatologistas são aqueles mais trabalham por ano. Nos anos de 2004 e 2005, 6300 médicos de 41 especialidades responderam questionários de horário de trabalho. Especialistas que trabalham em hospitais trabalham mais prolongadamente que aqueles que atuam no "primary care".

Cirrugiões vasculares trabalham cerca de 888 horas por ano, intensivistas vem em 2o lugar com 689 horas/ano e neonatologistas com 564 horas/ano.

Coloquemos a realidade no Brasil: 1 intensivista que trabalhe em 2 lugares, na média de 20-24 horas por semana em cada 1, trabalha em torno de 1900 horas por ano (incluindo 1 mês de férias). Portanto o risco de fadiga é até maior por aqui...

Certamente o grau de cansaço e estresse nestas especialidades é grande e pode levar a diversos problemas físicos e emocionais (síndrome de "burnout"). É necessário que se estabeleça um programa de cargos e carreira, para que se envelheça na especialidade. Caso contrário, muitos vão "fugir" em busca de qualidade de vida.

André Japiassú