segunda-feira, junho 24, 2013

O paradoxo da obesidade...Menor mortalidade em choque séptico ?

No recente artigo publicado no critical care Wacharasint e cols demonstram mais uma vez em um estudo observacional que a obesidade está associada a melhor prognóstico no choque séptico. Aspectos ligados a menor intensidade da resposta inflamatória parecem ajudar a explicar estes resultados. Certamente uma hipótese interessante e que carece ainda de estudos confirmatórios e maior conhecimento fisiopatológico... Vejam em: http://ccforum.com/content/17/3/R122/abstract postado por Jorge Salluh