quinta-feira, março 09, 2017

ERITROMICINA COMO PRÓ-CINÉTICO

A eritromicina pode ser utilizada como agente pró-cinétco no paciente crítico. Ela aumenta a motilidade do TGI através do estímulo da produção da motilina. A eritromicina pode aumentar o intervalo QT do ECG e provocar arritmias graves. Também está associada ao aparecimento de taquifilaxia em poucos dias.

Flávio E. Nácul