sábado, julho 12, 2008

PROGNÓSTICO DOS PACIENTES COM NEUROPATIA E MIOPATIA DO PACIENTE CRÍTICO

Guarnieri B et al.

Long-term outcome in patients with critical illness myopathy or neuropathy: the Italian multicentre CRIMYNE study.

JNNP 2008;79:838-841

Miopatia do paciente crítico (CIM) e neuropatia do paciente crítico (CIP) são complicações frequentes dos pacientes internados em unidades de terapia intensiva. Guarnieri et al acompanharam durante o período de 1 ano, 28 pacientes que apresentaram CIM ou CIP durante a internação. Entre os 15 sobreviventes no momento da alta hospitalar, o diagnóstico era o seguinte: CIM = 6 pacientes, CIN = 4, CIM/CIP = 3, indeterminado = 2 (pacientes não cooperativos). Dos 6 pacientes com CIM, um morreu e os demais 5 recuperaram totalmente. Dos 4 com CIP, 1 recuperou, 2 permaneceram com fraqueza muscular e 1 continuou teraparético. Dos 3 com CIM/CIP, 1 morreu, 1 recuperou e 1 permanceu teraparético. Os autores concluiram que pacientes com CIM apresentam um melhor prognóstico que aqueles com CIP. Os resultados de Guarnieri diferem daqueles de Lacomis et al que realizaram um estudo retrospectivo e não observaram diferença entre os o prognósticos de pacientes com CIM e CIP.

Flávio E. Nácul